Bolsonaro rebate Mourão e diz que fim do 13º salário é ‘ofensa a quem trabalha’

O candidato à presidência da República Jair Bolsonaro (PSL) utilizou as redes sociais para rebatar o vice da sua chapa, general Hamilton Mourão (PRTB) que criticou o pagamento de décimo-terceiro salário e o abono de férias durante uma palestra no Rio Grande do Sul, nesta quinta-feira (27) .

No Twitter, Bolsonaro afirmou que o décimo-terceiro está previsto na Constituição. O candidato disse ainda que criticar este direito é uma “ofensa a quem trabalha” e configura uma “confissão de desconhecimento” sobre o texto constitucional.

“O 13° salário do trabalhador está previsto no art. 7° da Constituição em capítulo das cláusulas pétreas (não passível de ser suprimido sequer por proposta de emenda à Constituição). Criticá-lo, além de uma ofensa à quem trabalha (sic), confessa desconhecer a Constituição”, escreveu Bolsonaro na rede social.

OesteBaiano.com.br/BN

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *